Cinema da UFBA

Outros cinemas ameríndios: novos olhares sobre a produção audiovisual indígena

Descrição: 

 

Outros cinemas ameríndios: novos olhares sobre a produção audiovisual indígena
 
No mês de novembro, o ciclo “Outros cinemas ameríndios: novos olhares sobre a produção audiovisual indígena” conta com uma programação de filmes selecionada pelas curadoras Joana Brandão (Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB) e Olinda Muniz Wanderley (Pataxó Hã Hã Hãe/BA, cineasta e produtora) tendo como fio condutor as mulheres indígenas cineastas e produtoras de audiovisual. 
 
Seguindo o fio condutor da curadoria, esta edição do ciclo terá como convidadas as produtoras e diretoras indígenas Vanuza Bomfim (Pataxó/BA) e Marta Tipuici (Manoki/MS). Marta mora na aldeia Treze de Maio, na Terra Indígena Irantxe, município de Brasnorte-MT. Já morou em outros lugares, como Cuiabá, onde fez a graduação em Ciências Sociais na Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT). Atuou como Agente de Saúde Indígena e atualmente é professora e articuladora da rede estadual de ensino do Mato Grosso. Uma das suas paixões é o trabalho com cinema e comunicação popular e indígena. Vanuzia possui graduação em Formação Intercultural Para Educadores Indígenas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente é professora da Prefeitura Municipal de Porto Seguro. Tem experiência na área de História, com ênfase em História. Participação com co-diretoria do filme “A Força das Mulheres Pataxó de Barra Velha”. Atualmente cursando o Mestrado em Ensino e Relações Étnico-raciais na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).
 
De acordo com as curadoras Joana Brandão e Olinda Muniz, “a participação das mulheres no audiovisual tem se fortalecido e, junto com ela, a viabilidade de narrativas sobre o universo das mulheres indígenas. Através das jovens cineastas, conhecemos as anciãs, mães e avós que conformam a vida na aldeia com seus saberes e fazeres, em culturas atravessadas pela compreensão de que a complementariedade nas agências de gênero mantém o bem-viver da comunidade”. A edição de novembro traz então algumas destas narrativas em que cineastas indígenas buscam apresentar as experiências, vivências e conhecimentos de outras mulheres indígenas, em uma relação intergeracional que envolve a transmissão de conhecimentos, da língua e memórias da história de cada povo.
 
Para fortalecer a presença feminina, o encontro contará ainda com a participação das convidadas Marcela Borela, docente do IFB Recanto das Emas IFB (campus voltado para a Produção Audiovisual) e Clarisse Alvarenga, professora adjunta na Faculdade de Educação da UFMG, onde atua como membro permanente do Mestrado Profissional em Educação e Docência, coordenadora do Laboratório de Práticas Audiovisuais (Lapa) e subcoordenadora do Curso de Formação Intercultural para Educadores Indígenas.  
 
O debate com as cineastas será transmitido no dia 19/nov, às 19h, ao vivo pela página do Cinemas em Rede no Facebook: https://www.facebook.com/cinemasemrede
 
 
FILMES DE NOVEMBRO:
A Força Das Mulheres Pataxós
Tecendo Nossos Caminhos
Mulheres Que Alimentam
Ayani Por Ayani
 

 

 

 

 

 

Outros cinemas ameríndios: novos olhares sobre a produção audiovisual indígena

Descrição: 

Outros cinemas ameríndios: novos olhares sobre a produção audiovisual indígena

No mês de outubro, o ciclo “Outros cinemas ameríndios: novos olhares sobre a produção audiovisual indígena” conta com uma programação de filmes selecionados por um curador do grupo de pesquisas Poéticas Ameríndias, a partir da produção da Associação Cultural de Realizadores Indígenas (Ascuri), coletivo indígena de Mato Grosso do Sul que reúne jovens cineastas dos grupos Guarani-Kaiowa e Terena.

Além da disponibilização dos filmes, o ciclo promoverá até dezembro um debate mensal sobre o tema com realizadores indígenas, acompanhado de um mediador e convidados.

 

O debate com o cineasta e professor guarani-kaiowa Eliel Benites, fundador da Ascuri, será transmitido no dia 15/10, às 19h, ao vivo pela página do Cinemas em Rede no Facebook: https://www.facebook.com/cinemasemrede

 

Eliel Benites é professor da Faculdade Intercultural Indígena da Universidade Federal da Grande Dourados (FAIND-UFGD). Um dos fundadores da Associação Cultural de Realizadores Indígenas (Ascuri), é pedagogo, com vários anos de experiência no ensino intercultural indígena, além de realizador audiovisual e doutorando em Geografia na UFGD. 

 

O curador do mês é o jornalista e antropólogo Spensy Pimentel. Nos últimos dez anos, Pimentel produziu, com parceiros, diversos documentários junto aos Guarani-Kaiowa, como “Mbaraka, a Palavra que age” (2011) e “Monocultura da Fé” (2018). Ao mesmo tempo, acompanhou a emergência de uma produção audiovisual indígena em Mato Grosso do Sul, destacando-se, nesse contexto, os filmes da Ascuri.

 

O cineasta Leandro Saraiva, professor do curso de Imagem e Som da Universidade Federal de São Carlos (USP), e a antropóloga e jornalista Tatiane Klein, do Centro de Estudos Ameríndios (Cesta-USP), serão debatedores convidados.

 

Para mais informações, clique AQUI.

 

PROEXT informa o resultado da 1ª Etapa da Chamada para utilização do Cinema da UFBA 2020

Descrição: 

 

A Pró-Reitoria de Extensão Universitária (PROEXT) divulga o resultado da 1ª Etapa da Chamada para utilização do Cinema da UFBA 2020.
 
As propostas, nesta 1ª Etapa, foram recebidas até 13.02.20 através de formulário disponível em http://www.proext.ufba.br/cinema.
 
Essa chamada é direcionada para realização de atividades acadêmicas que requeiram a infraestrutura da sala, no período matutino (exceções podem ser aplicadas).
 
As propostas selecionadas obedeceram aos requisitos divulgados e devem estar de acordo com o calendário de chamadas, sendo priorizadas as atividades cuja realização dependa dos recursos disponíveis exclusivamente no Cinema da UFBA, observando-se os critérios de abrangência das articulações (interdepartamentais, interinstitucionais e intersetoriais, etc.) envolvidas na proposta, e de alcance de público.
 
Os responsáveis pelas propostas aprovadas devem entrar em contato com a equipe de cinema para realização dos testes, que devem ser realizados com antecedência mínima de 48 horas. Vale lembrar que o material a ser exibido deve ser disponibilizado com pelo menos 5 dias úteis de antecedência, em alta definição. 
 
O contato deve ser feito através dos e-mails: marketing.saladearte@gmail.com e marketing@saladearte.art.br.
 
Dúvidas sobre o resultado podem ser remetidas a proextcinema@ufba.br.
 
Para ver o resultado, clique AQUI.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Sessão Aberta De Cinema De Janeiro Exibe Seleção de Curtas-metragens

Descrição: 

Nossa Sessão Aberta de Cinema deste mês será no dia 25 de janeiro, sábado da próxima semana.
Será exibida uma seleção de curtas-metragens que participaram da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis de 2002 a 2005.
 
Os curtas são:
1 O Espantalho, Alê Abreu, animação, 1998
2 Docinhos, Frederico Pinto e José Maia, animação, 2001
3 A Traça Teca, Diego M. Doimo, animação, 2002
4 Águas de Romanza, Glaucia Soares e Patrícia Baía, ficção, 2002
5 Gilda e Gilberto, Érica Valle, animação, 2003
6 A Velha a Fiar, Maurício Squarisi, Núcleo de Cinema de Animação de Campinas, animação, 2003
7 Malasartes vai à feira, Eduardo Goldstein, ficção, 2004
8  Tampinha, João Batista Melo, ficção, 2004
9 O homem que bota ovo, Rafael Conde, ficção, 2004
A duração total do programa é de 93 min.
 
A Sessão Aberta de Cinema é uma atividade mensal promovida pela Pró-Reitoria de Extensão Universitária (Proext/UFBA) e Faculdade de Medicina da Bahia que exibe filmes para o público infanto-juvenil portador de necessidades sensoriais especiais, preferencialmente animações (desenhos animados) de curta ou longa-metragem.
Pensando nisso, essa é uma sessão de cinema em que o público pode circular pela sala, entrando e saindo livremente. Com luzes parcialmente acesas e som abaixo do habitual, cria-se um ambiente confortável para essas pessoas. Mas as pessoas sem essas necessidades especiais também são bem-vindas.
O objetivo é acolher no ambiente do cinema quem habitualmente não frequenta as salas comerciais de cinema, em especial crianças e adolescentes com transtorno do espectro autista, por não se adaptarem às condições das projeções e por constrangimento sofrido por seus familiares. De modo complementar, o projeto visa promover o convívio entre autistas, portadores de outras limitações e pessoas consideradas sadias.
 
Serviço:
O quê: Sessão Aberta de Cinema | uma seleção de curtas-metragens que participaram da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis de 2002 a 2005.
Quando: 25 de janeiro, sábado, às 10 horas.
Onde: Cinema da UFBA (Vale do Canela).
Para quem: público em geral e pessoas com necessidades sensoriais especiais
 
 

Sessão Aberta De Cinema De Dezembro Exibe a Animação O Grinch

Descrição: 

 

Como a última semana deste mês é o período das festas de fim de ano, nossa Sessão Aberta de Cinema será no dia 14 de dezembro, sábado da próxima semana, às 10 horas, no Cinema da UFBA.
O filme escolhido é a animação O Grinch, de 2018, dirigida por Yarrow Cheney e Scott Mosier, com classificação indicativa livre e duração de 86 minutos. O filme é baseado em uma adaptação do clássico ‘Um conto de Natal’, de Charles Dickens, escrita pelo americano Dr. Seuss.
 
Resumo do filme:
O Grinch é um bicho verde, peludo e mal-humorado que odeia o Natal e vive em uma montanha perto de Quemlândia (Cidade dos Quem). A prefeita de Quemlândia decidiu fazer o Natal três vezes maior do que nos anos anteriores. Então o Grinch resolve estragar a festa dos vizinhos fingindo ser Papai Noel e roubando os presentes e as decorações da cidade inteira. Já a simpática menina Cindy Lou Quem planeja prender o Papai Noel e pedir a ele um presente muito especial para ajudar sua mãe, sobrecarregada com excesso de trabalho e que ainda tem de cuidar sozinha de Cindy Lou e de seus dois irmãos gêmeos.
 
A Sessão Aberta de Cinema é uma atividade mensal promovida pela Pró-Reitoria de Extensão Universitária (Proext/UFBA) e Faculdade de Medicina da Bahia (Prof. Lauro Porto) que exibe filmes para o público infanto-juvenil portador de necessidades sensoriais especiais, preferencialmente animações (desenhos animados) de curta ou longa-metragem.
Pensando nisso, essa é uma sessão de cinema em que o público pode circular pela sala, entrando e saindo livremente. Com luzes parcialmente acesas e som abaixo do habitual, cria-se um ambiente confortável para essas pessoas. Mas as pessoas sem essas necessidades especiais também são bem-vindas.
 
O objetivo é acolher no ambiente do cinema quem habitualmente não frequenta as salas comerciais de cinema, em especial crianças e adolescentes com transtorno do espectro autista, por não se adaptarem às condições das projeções e por constrangimento sofrido por seus familiares. De modo complementar, o projeto visa promover o convívio entre autistas, portadores de outras limitações e pessoas consideradas sadias. 
 
  
Serviço:
O quê: Sessão Aberta de Cinema | Exibição da Animação O Grinch
Quando: 14 de dezembro, sábado, às 10 horas.
Onde: Cinema da UFBA (Vale do Canela).
Para quem: público em geral e pessoas com necessidades sensoriais especiais
 
 
 
 
 

Sessão Aberta De Cinema De Outubro Exibe Curtas-Metragens Nacionais

Descrição: 

 

A Sessão Aberta de Cinema acontece no dia 26 de outubro, sábado, às 10 horas, no Cinema da UFBA.
Neste Mês das Crianças e às vésperas do Dia das Bruxas, serão exibidos os curtas-metragens nacionais que compõem o DVD Curtas Infantis 1 da Programadora Brasil (2006-2013), programa estratégico da Secretaria do Audiovisual do extinto Ministério da Cultura, que teve como objetivo democratizar o acesso a filmes representativos da nossa cinematografia.
 
Os curtas, todos de animação (desenhos animados) e com classificação indicativa livre, são:
Isabel e o Cachorro Flautista
O Tamanho Que Não Cai Bem
Alma Carioca - Um Choro de Menino
Disfarce Explosivo
O Nordestino e o Toque de Sua Lamparina
Mitos do Mondo: Como Surgiu a Noite?
Historietas Assombradas (Para Crianças Malcriadas)
A duração total do programa é de 63 minutos
 
A Sessão Aberta de Cinema é uma atividade promovida pela Pró-Reitoria de Extensão Universitária (Proext/UFBA) e Faculdade de Medicina da Bahia (Prof. Lauro Porto) e, ocorrendo todo mês, exibe um filme ou curtas para o público infanto-juvenil portador de necessidades sensoriais especiais e que, por isso, encontram dificuldades no acesso e permanência em sessões de cinema convencionais.
 
Pensando nisso, essa é uma sessão de cinema em que o público poderá circular pela sala, entrando e saindo livremente. Com luzes parcialmente acesas e som abaixo do habitual, criou-se um ambiente confortável para pessoas com necessidades sensoriais especiais. Mas as pessoas sem essas necessidades especiais também são bem-vindas.
 
Serviço:
O quê: Sessão Aberta de Cinema | Exibição de Curtas-metragens nacionais
Quando: 26 de outubro, às 10 horas.
Onde: Cinema da UFBA (Vale do Canela).
Para quem: público em geral e pessoas com necessidades sensoriais especiais.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Cinemas em Rede de outubro exibe "Eleições"

Descrição: 

 

O Cinema da UFBA recebe no dia 17 de outubro, quinta-feira, às 19 horas, mais uma edição do Cinemas em Rede para exibir o filme Eleições, de Alice Riff.
 
A rotina do ensino médio da Escola Estadual Doutor Alarico da Silveira, localizada no centro de São Paulo, é alterada por conta das eleições do grêmio estudantil que se aproximam. Durante este período é possível identificar como as consequências do processo eleitoral afetam as relações entre os alunos, assim como as eleições presidenciais, em proporções bem maiores, conseguem alterar a atmosfera de um país.
 
Após a exibição, haverá um debate trasmitido com a diretora Alice Riff, em conexão com as salas de Cinema Universitário que fazem parte do projeto.
 
Cinemas em Rede é fruto do Rede de Cinemas Digitais, projeto que interconecta diversos cinemas universitários pelo país através da rede acadêmica, desenvolvido pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) em parceria com o Ministério da Cultura (MinC).
 
 
Serviço:
O quê: Cinemas em Rede. Exibição do filme Eleições, de Alice Riff. Na sequência, debate com transmissão para todas as salas de Cinema Universitário que fazem parte do projeto.
Onde: Cinema da UFBA, Vale do Canela, Salvador, BA
Quando: 17 de outubro, quinta-feira, às 19 horas
ENTRADA FRANCA
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Sessão Aberta de Cinema de setembro exibe a animação PéPequeno

Descrição: 
 
Sessão Aberta de Cinema de setembro exibe a animação PéPequeno
 
 
A Sessão Aberta de Cinema de setembro acontece dia 28, às 10 horas, quando será exibido a animação PéPequeno, de 2018, apresentado pela Warner Brothers, de Karey Kirkpatrick, com classificação indicativa livre e duração de 96 minutos, misturando aventura e comédia.
 
Nosso filme do mês nos dá uma boa oportunidade de refletirmos sobre nosso momento presente de ódio e intolerância e, além disto, sobre verdades absolutas.
Invertendo a lenda humana da existência do "homem da montanha" (Iéti, Abominável Homem das Neves, Pé Grande), o filme conta a história de um jovem Iéti que acredita ter encontrado um Pé Pequeno (um humano). Mas isto contraria os ensinamentos gravados nas pedras que regem as normas de conduta do seu povo e ele é obrigado a se resignar aos ensinamentos, renegando o que acredita ser verdade, ou ser expulso de sua comunidade. O jovem mantém sua posição. Para sua surpresa, um grupo de jovens o procuram em seu exílio, e lhe dizem que acreditam nele. Por outro lado, em uma aldeia humana, um jovem acredita na existência de Iétis. Os Iétis crêem que os homens são monstros que os querem destruir, mas os homens, ao contrário, têm os Iétis como monstros destruidores. Esses dois povos vão acabar se encontrando. Conseguirão se aceitar e conviver uns com os outros, mesmo que cada um em seu território, ou o medo e o ódio prevalecerão?
 
A Sessão Aberta de Cinema é uma atividade promovida pela Pró-Reitoria de Extensão Universitária (Proext/UFBA) e Faculdade de Medicina da Bahia (Prof. Lauro Porto) e, ocorrendo todo mês, exibe um filme ou curtas para o público infanto-juvenil portador de necessidades sensoriais especiais e que, por isso, encontram dificuldades no acesso e permanência em sessões de cinema convencionais.
 
Pensando nisso, essa é uma sessão de cinema em que o público poderá circular pela sala, entrando e saindo livremente. Com luzes parcialmente acesas e som abaixo do habitual, criou-se um ambiente confortável para pessoas com necessidades sensoriais especiais. Mas as pessoas sem essas necessidades especiais também são bem-vindas.
 
 
Serviço:
O quê: Sessão Aberta de Cinema | Exibição da animação PéPequeno
Quando: 28 de setembro, às 10 horas.
Onde: Cinema da UFBA (Vale do Canela).
Para quem: público em geral e pessoas com necessidades sensoriais especiais.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Cinemas em Rede de setembro exibe "Além do Espelho"

Descrição: 

O Cinema da UFBA recebe no dia 19 de setembro, quinta-feira, às 19 horas, mais uma edição do Cinemas em Rede para exibir o documentário Além do Espelho, de Ana Flauzina. 

O documentário conecta duas das mais importantes vozes da resistência negra no cenário internacional contemporâneo: o jornalista brasileiro Edson Cardoso e o cineasta etíope Haile Gerima que, em intenso diálogo, situam os desafios impostos pelo racismo e as possibilidades de superação de seus efeitos nefastos.
 
Após a exibição, haverá um debate com a diretora Ana Flauzina presente na sala da UFBA com transmissão para todas as demais salas de Cinema Universitário que fazem parte do projeto.
 
Cinemas em Rede é fruto do Rede de Cinemas Digitais, projeto que interconecta diversos cinemas universitários pelo país através da rede acadêmica, desenvolvido pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) em parceria com o Ministério da Cultura (MinC).
 
Serviço:
O quê: Cinemas em Rede. Exibição de Além do Espelho, de Ana Flauzina. Na sequência, debate com transmissão para todas as salas de Cinema Universitário que fazem parte do projeto.
Onde: Cinema da UFBA, Vale do Canela, Salvador, BA
Quando: 19 de setembro, quinta-feira, às 19 horas
ENTRADA FRANCA
 
 
 
 

Sessão Aberta de Cinema de agosto exibe uma sequência de curtas-metragens nacionais

Descrição: 

 

A Sessão Aberta de Cinema de agosto acontece dia 31, às 10 horas, quando serão exibidos uma sequência de curtas-metragens nacionais premiados na 15ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, ocorrida em 2016.

A Sessão Aberta de Cinema é uma atividade promovida pela Pró-Reitoria de Extensão Universitária (Proext/UFBA), Faculdade de Medicina da Bahia (Prof. Lauro Porto) e Instituto de Psicologia (Profª Juliana Prates) e, ocorrendo todo mês, exibe um filme ou curtas para o público infanto-juvenil portador de necessidades sensoriais especiais e que, por isso, encontram dificuldades no acesso e permanência em sessões de cinema convencionais.
 
Pensando nisso, essa é uma sessão de cinema em que o público poderá circular pela sala, entrando e saindo livremente, contando com a participação de estudantes monitoras do Instituto de Psicologia, que, na antessala, irão oferecer atividades para as crianças. Com luzes parcialmente acesas e som abaixo do habitual, criou-se um ambiente confortável para pessoas com necessidades sensoriais especiais. 
 
 
Os curtas são:
1 O Jovem Príncipe, direção de Ducca Rios, animação produzida na Bahia em 2015. Escolhido pelo júri adulto como Melhor Animação daquele ano.
2 H2Obby, direção de Flávia Lopes Trevisan, animação.
3 Virando gente, direção de Analúcia Godoi, animação. Escolhido pelo júri oficial mirim como Melhor Animação daquele ano.
4 O Melhor som do mundo, direção de Pedro Paulo de Andrade, ficção.
5 No fim da trama, direção de Patrícia Monegatto, ficção.
6 Meninos e Reis, direção de Gabriela Romeu, documentário. O júri adulto concedeu o Prêmio de Melhor Documentário para Meninos e Reis.
A duração total do programa é de 59 min.
 
Esperamos vocês!
 
Serviço:
O quê: Sessão Aberta de Cinema | Exibição de curtas-metragens nacionais premiados na 15ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis.
Quando: 31 de agosto, às 10 horas.
Onde: Cinema da UFBA (Vale do Canela).
Para quem: público em geral e pessoas com necessidades sensoriais especiais.
 
 

 

 

Páginas