Conversa Aberta | Reinventando Smetak.

Share/Save
Tags: 
Descrição: 

 

Na véspera do Reinventando Smetak: concerto em Salvador, o Goethe-Institut Salvador-Bahia recebe em seu teatro, no dia 4 de julho, às 19h, a Conversa Aberta “Reinventando Smetak", com participação do músico, arte-educador e pesquisador Bira Reis; do compositor, escritor e professor Paulo Costa Lima, membro da Academia Brasileira de Música e da Academia de Letras da Bahia; do cantor, músico, compositor e produtor musical Tuzé de Abreu; do músico Uibitu Smetak, filho caçula do homenageado; e do cineasta Walter Lima, cujo filme documentário O Alquimista do Som (1978), sobre Walter Smetak, abre o debate da noite. A mediação será feita pela Profª Dra. Carmen Paternostro, vice-diretora da Escola de Dança da UFBA, dançarina, coreógrafa e diretora de espetáculos.

O encontro, que tem o apoio da Pró-Reitoria de Extensão da Universitária (PROEXT-UFBA), tem entrada franca.

Reinventando Smetak é um projeto do Programa Artistas-em-Berlim do Deutscher Akademischer Austauschdienst (DAAD), maior organização alemã no campo de intercâmbio acadêmico, em cooperação com o Goethe-Institut. É patrocinado pela Fundação Cultural Federal da Alemanha, com apoio da Ernst von Siemens Musikstiftung, Pro Helvetia Fundação Suíça para a Cultura, Ministério das Relações Exteriores da Alemanha e Sociedade dos Amigos do Ensemble Modern e.V.

Em Salvador, o concerto tem o importante apoio local da Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) e do Teatro Castro Alves.

Conversa Aberta “Reinventando Smetak + exibição do filme O Alquimista do Som (1978)
Quando: 4 de julho (terça-feira), 19h
Onde: Goethe-Institut Salvador-Bahia (Av. Sete de Setembro, 1809 – Corredor da Vitória)
Quanto: ENTRADA FRANCA

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.