Cinemas em Rede de junho apresenta 'Baile perfumado', de Lírio Ferreira e Paulo Caldas

Share/Save
Descrição: 

A sessão de junho do Cinemas em Rede vai acontecer dia 21, quinta feira, às 19 horas, quando será exibido o longa-metragem Baile perfumadode Lírio Ferreira e Paulo Caldas. 

exibição será seguida de um debate com os diretores do filme em conexão com as salas de Cinema Universitário que fazem parte do projeto. 

Baile Perfumado conta a história de Benjamin Abrahão, um mascate libanês, amigo do Padre Cícero, que conseguiu registrar as únicas imagens de Virgulino Ferreira, o Lampião. Com uma proposta estética inovadora, Lírio Ferreira e Paulo Caldas conseguem fazer um retrato complexo e por vezes divertido da sociedade Pernambucana dos anos 30, e das intrincadas relações entre o Cangaço e o Estado.

O filme celebra a resistência do cinema nacional, após a retomada de produções brasileiras em 1995, após cinco anos da extinção da Embrafilme. Baile Perfumado também é o primeiro longa-metragem feito em Pernambuco, após quase 20 anos sem nenhuma produção. A obra está na lista dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos, segundo a Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) e foi vencedora do prêmio de melhor filme do Festival de Brasília, em 1996.

Cinemas em Rede é fruto do Rede de Cinemas Digitais, projeto que interconecta diversos cinemas universitários pelo país através da rede acadêmica, desenvolvido pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) em parceria com o Ministério da Cultura (MinC).

 

Serviço:

O quêCinemas em Rede. Exibição do longa metragem Baile perfumadode Lírio Ferreira e Paulo Caldas. 

Onde: Cinema da UFBA, Vale do Canela, Salvador-BA.

Quando: 21 de junho, quinta-feira, às 19h.

ENTRADA FRANCA.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.