Cinemas em Rede estreando em 2017 | Exibição de "Olympia".

Share/Save
Tags: 
Descrição: 

O Cinema da UFBA recebe dia 9 de março, próxima quinta-feira, a primeira sessão do ano do projeto Cinemas em Rede, quando será exibido Olympia, documentário de Rodrigo Mac Niven.

Após a exibição, haverá um debate, que vai acontecer no Cinema Universitário da UFF, com transmissão ao vivo e interação com todas as salas de exibição conectadas à Rede.

Histórias do jornalista investigativo Lucio Vaz, autor dos livros Ética da malandragem e Sanguessugas do Brasil, sobre os bastidores de Brasília, instigaram o diretor. Durante o Congresso Internacional anti-corrupção em Brasilia/2012, foram gravados os primeiros depoimentos internacionais sobre o tema. Em 2014, o diretor conhece o personagem central da trama do filme, o advogado J.C. que, após uma minuciosa investigação, revela uma teia de corrupção que tem início no final do século 19, com a grilagem de terras e chega até os dias de hoje, com os bastidores da construção do campo de golfe olímpico.

O diretor e roteirista Rodrigo Mac Niven é um dos mais contundentes realizadores de sua geração. Seus filmes, que tratam de questões globais a partir de realidades locais, impactam a vida de muitas pessoas, viajaram o mundo por festivais de cinema, ganharam reconhecimento e continuam sendo exibidos na televisão e em eventos pelo Brasil, gerando muitas discussões e deixando um legado imprescindível para o mundo.

A sessão do Cinemas em Rede é fruto do Rede de Cinemas Digitais, projeto que interconecta diversos cinemas universitários pelo país através da rede acadêmica, desenvolvido pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) em parceria com o Ministério da Cultura (MinC).

 

Serviço:

O quê: Cinemas em Rede. Exibição de Olympia, documentário de Rodrigo Mac Niven

Onde: Cinema da UFBA, Vale do Canela, Salvador, BA

Quando: 9 de março, 19h.

ENTRADA FRANCA

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.