PROEXT DIVULGA| Galeria Cañizares recebe exposição Nem só de ba[R]ragens vive o homem, do artista rondoniense Gabriel Bicho

Share/Save
Descrição: 

Galeria Cañizares recebe exposição Nem só de ba[R]ragens vive o homem, do artista rondoniense Gabriel Bicho

Exposição “Nem só de ba[R]ragens vive o homem”, de Gabriel Bicho
Abertura: 06 de agosto, das 17h às 21h, conversa com o artista às 18h
Visitação: 06 a 24 de agosto, de segunda a sexta, 9 às 18 horas
Galeria Cañizares - Escola de Belas Artes da UFBA - Av. Araújo Pinho, 212, Canela - Salvador – Bahia – Brasil. Mais informações: (71) 987220627).

Em 2014, Porto Velho viu as águas do rio Madeira tomarem parte da cidade.

Ao longo dos dias, a força das águas serenas tornou-se exercício de aprendizagem. Ver o rio avançar vagaroso e com a mesma lentidão retornar ao seu curso normal, ouvir o silencio das pessoas, os lugares vazios de gente e cheios de água, lama, lixo e um rastro de devastação impressionante, tudo isto sem poder nada fazer, provocou-me muitos sentimentos.

Com uma vivência particular, observar o comportamento das famílias desabrigadas foi, além de impressionante, muito doloroso. Ver o quanto todos falavam de suas perdas e mantinham com esperança seus olhares atentos aos socorros que deveriam ser prestados pelo poder público.

Notar que não houve uma única menção ao rio de forma pejorativa ou com ira e, perceber a convicção de todos no que se refere sobre entender, quê, tudo o que acontecia era consequência da ação humana, ser este, responsável pelo problema e também pela solução dele.

À medida que as águas iam de encontro ao seu leito antigo, acompanhar o retorno das pessoas às suas casas e, perceber a capacidade desses moradores em [re]existir foi indescritível e muito emocionante.

Com essa nova existência, surgem novas angustias: o que esperar do rio na próxima cheia? O que esperar dos homens no poder na próxima cheia? Como a cidade e o povo irá suportar uma nova cheia? São estas algumas das muitas perguntas que passeiam pelo imaginário dos povos ribeiros oriundos das regiões em torno do rio Madeira.

Ouvir e refletir sobre estas e outras perguntas deve nos ajudar a compreender porque estas pessoas sempre retornam para suas casas, mesmo quando alguém tenta proibi-las de retornarem, pois, quem volta, em alma e memória, nunca se foi.

Gabriel Bicho

 

Informações técnicas sobre as imagens

Nome artístico: Gabriel Bicho

Título: Reintegração Técnica:

videoarte Dimensões: tamanhos variados

Ano: 2015

Nome artístico: Gabriel Bicho

Título: 19,66 Técnica:

Fotomontagem Dimensões: 20x90cm

Ano: 2015 Nome artístico: Gabriel Bicho Título:

Não Técnica: Fotografia Dimensões: 14x21cm

Ano: 2015

Nome artístico: Gabriel Bicho

Título: Sempre tem uns restinhos

Técnica: Fotografia e texto-reflexão-poética

Dimensões: 25x25cm

Ano: 2016

 

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.