AÚ: A UFBA e os Mestres e Mestras de Capoeira e da Cultura Popular | Mestre Nenel e Dona Nalvinha

Share/Save
Tags: 
Descrição: 

AMANHÃ, 12 de dezembro, quarta-feira, às 17 horas, a PROEXT promove mais uma edição do AÚ: A UFBA e os Mestres e Mestras de Capoeira e da Cultura Popular. O evento, como sempre aconteceu, será na Praça das Artes, UFBA, Campus de Ondina

Nesta última edição do ano, o  celebra o Centenário da Capoeira Regional e, para comemorar a data, convidou duas grandes personalidades: Dona Nalvinha e Mestre Nenel, filhos do  Mestre Bimba, criador e  grande patrono da Capoeira Regional.

AÚ: A UFBA e os Mestres e Mestras de Capoeira e da Cultura Popular, que integra o Programa Desfronteiras, é um conjunto de ações continuadas na área de capoeira promovidas pela PROEXT, a partir de um grupo de trabalho formado pelos professores Pedro Abib, Mestra Janja, Guilherme Bertissolo, o servidor Paulo Magalhães, com apoio técnico de Deivison Santos (Dentinho). 

Em projeto experimental em 2016, oito reconhecidos/as Mestres/as da Capoeira (Pelé, Bola Sete, Nenel, Cafuné, Cobra Mansa, Janja, Boca Rica e Virgílio) participaram de quatro eventos na Praça das Artes, com a comunidade da UFBA e os participantes dos grupos envolvidos, em rodas de conversas, com rodas e oficinas de capoeira, na perspectiva de construção de articulações entre os saberes, reconhecendo o notório saber dos mestres, com vistas ao fortalecimento das ações extensionistas na capoeira.

Serviço:

O quê: AÚ: A UFBA e os Mestres e Mestras de Capoeira e da Cultura Popular | Com Dona Nalvinha e Mestre Nenel | Celebrando o Centenário da Capoeira Regional

Quando:  12 de dezembro, quarta-feira, às 17 horas. 

Onde: Praça das Artes, UFBA, Campus de Ondina.

ENTRADA FRANCA

 

 

 

 

 

 

Comentar

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.